Direitos das crianças

Não podemos dar as mãos nem abraços, brincar de forma livre e descontraída. Mas somos crianças, capazes de contornar, criar e reinventar.

Foi desta maneira que todo o 1.°ciclo abraçou o desafio e livremente ilustrou o seu Direito de Criança.

Todos juntos pela linha, vamos desenhar, brincando, e dizer ao MUNDO que não há impossíveis para a imaginação de uma Criança.

Trabalho de parceria professoras titulares, Mafalda Trindade, Paula Brito.





27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo